Follow Us

Como fazer uma geladeira natural, que não utiliza energia elétrica.

Como fazer uma geladeira natural, que não utiliza energia elétrica.

Conheça a geladeira natural que não utiliza energia elétrica e saiba como fazer uma. O sistema é simples, e os resultados são surpreendentes.

Um professor nigeriano, chamado Mohammed Bah Abba, inventou uma geladeira natural, que funciona sem energia elétrica. Conhecida como Zeer Pot, ou Pot in pot, a geladeira funciona apenas com areia e água, colocadas entre dois potes de cerâmica.

Registros históricos mostram que cerca de 2500 anos antes de Cristo, em lugares como o Egito, parte do oriente médio e do Mediterrâneo, os jarros de cerâmica já eram utilizados para conservar alimentos e manter a água fresca. A diferença, porém, da invenção de Mohammed foi a ideia de colocar um jarro dentro do outro, utilizando areia e água para melhorar o sistema.

Durante os quase dois anos de pesquisa e trabalho que realizou até chegar ao sistema atual, Mohammed experimentou diversos tipos de materiais que pudessem servir como isolamento térmico, como, por exemplo, espuma de colchão. As cinco mil primeiras unidades produzidas por ele foram doadas para famílias necessitadas da Nigéria.

Por sua invenção, Mohammed recebeu vários prêmios, entre eles os 75 mil dólares do prêmio Rolex de empreendedorismo 2000, e também o prêmio Shell mundial para o desenvolvimento sustentável, em 2001. Além disso, sua criação foi considerada, em 2001, pela revista Time, a invenção do ano.

Materiais necessários para fazer uma geladeira natural

Para fazer sua geladeira natural, você precisará de dois potes de cerâmica, sendo um grande e um menor, areia, água e uma toalha.

(Fonte da imagem: Tecmundo)
(Fonte da imagem: Tecmundo)

Os potes de cerâmica podem ser de qualquer tamanho e formato, desde que, quando um for colocado dentro do outro, seja possível manter um espaço entre eles. Outro detalhe importante é que os potes não deverão ter nenhum tipo de revestimento, como tinta ou esmalte, pois o funcionamento da geladeira depende da porosidade da cerâmica.

Quanto à areia, é indicado que ela seja mais grossa, como as retiradas em rios. Isso facilitará o processo de evaporação da água que será colocada na areia.

Processo de produção

O primeiro passo a ser considerado é verificar se o pote maior possui um buraco no fundo. Normalmente, os potes vendidos no mercado são fabricados com esse buraco, com a finalidade de drenar a água de  plantas. Caso você não encontre potes sem esse furo, será então necessário fechá-lo. Para isso, você pode utilizar diversos tipos de
materiais, como isopor, cortiça, cola epoxi, ou qualquer outro que impeça a água de escorrer para fora do pote.

(Fonte da imagem: Tecmundo)
(Fonte da imagem: Tecmundo)

O passo seguinte é colocar areia no fundo do pote maior, de maneira que, quando o pote menor for colocado dentro dele, a borda de ambos fiquem no mesmo nível. Além disso, o pote menor deverá ser posicionado no centro do maior, deixando um espaço regular entre a parede dos dois. Em seguida, preencha esse espaço com a areia, até a borda. e depois,
coloque água, até que a areia fique completamente encharcada.

(Fonte da imagem: Tecmundo)
(Fonte da imagem: Tecmundo)

Obs: é importante que a areia seja comprimida, não permitindo que ela fique muito fofa, pois quando a água for colocada, ela escorrerá para o fundo, podendo assim fazer com que o pote menor saia de sua posição. Para evitar esse risco, assim que a quantidade de areia colocada no fundo for o suficiente para manter o pote pequeno na altura ideal para o nivelamento das bordas, ela poderá ser enchida pela água, mas apenas a quantidade necessária, para que a água não fique acima da areia.

geladeira natural 4

Por último, encharque a toalha com água e cubra os potes com ela. Isso impedirá que a temperatura interna se eleve.

(Fonte da imagem: Tecmundo)
(Fonte da imagem: Tecmundo)
(Fonte da imagem: Tecmundo)
(Fonte da imagem: Tecmundo)

 

Entenda como funciona esse sistema de resfriamento (Geladeira Natural).

O funcionamento do aparato é extremamente simples. A água que fica na areia contida entre os dois potes evapora, levando consigo o calor do vaso interno. Devido à cerâmica ser porosa, a água pode absorver o calor e manter a temperatura baixa.

O Zeer Pot foi desenvolvido por um professor nigeriano chamado Mohammed Bah Abba. Ele criou esse produto para ajudar as famílias mais carentes a preservar seus alimentos, já que não elas possuíam eletricidade e muito menos geladeiras. O professor recebeu inúmeros prêmios graças à sua invenção.

Mohammed Bah Abba, o inventor (Fonte da imagem: Reprodução/Rolex Awards) Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/area-42/29636-area-42-como-fazer-uma-geladeira-que-nao-utiliza-eletricidade-video-.htm#ixzz2suqEw1E7
Mohammed Bah Abba, o inventor (Fonte da imagem: Reprodução/Rolex Awards)

Existem registros históricos desse tipo de tecnologia datando de 2.500 anos antes de Cristo em diversas partes do mundo, incluindo Egito e alguns locais do Oriente Médio e do Mediterrâneo. Naquele tempo, as pessoas já utilizavam os jarros de cerâmica para manter a água fresca e os alimentos conservados. Contudo, Mohammed Bah Abba desenvolveu o conceito de utilizar um jarro dentro do outro, melhorando o sistema.

(Fonte da imagem: Reprodução/Rolex Awards)
(Fonte da imagem: Reprodução/Rolex Awards)

O inventor passou quase dois anos trabalhando na invenção. Durante esse tempo, ele experimentou diversos materiais diferentes para servir como isolamento térmico, inclusive espuma de colchões. As 5 mil primeiras unidades produzidas por ele foram doadas para famílias nigerianas mais necessitadas.

Veja abaixo o vídeo:

Fonte: Science in Africa